Mike Tipton

Ph.D.


Problemas em Competição – o caso específico de natação de águas abertas, Preparação para o Jogos Olímpicos de Tóquio.


Após realizar a formação na Universidade de Keele e London, O Professor Tipton iniciou funções na Universidade de Surrey em 1986. Após 12 anos no instituto Robens e no instituto Europeu de Saúde e Ciências médicas, mudou-se para a universidade de Portsmouth em 1998.

Em simultâneo com os cargos universitários, o Professor Tipton pertenceu ao instituto naval de medicina (INM) entre 1983 e 2004 e foi consultor líder para a divisão de medicina ambiental do INM desde 1996. Passou cerca de 35 anos fazendo investigação e prestando apoio à indústria e desportos de elite nas áreas de termoregulação, ambiente e fisiologia ocupacional e sobrevivência em ambiente marinho. Publicou mais de 550 artigos científicos, relatórios, capítulos de livros e os livros: “The Essentials of Sea Survival” (Golden & Tipton, 2002) and “The Science of Beach Lifeguarding” (Tipton & Wooler, 2016).

O Professor Tipton tem sido consultor em medicina ambiental e de sobrevivência na Royal Air Force e UKSport. Recentemente completou 10 anos no Royal National Lifeboat Institution’s Medical & Survival Committee. É membro da comissão consultiva da Sociedade Médica de Displasia Ectodérmica. Como reconhecimento pelo seu trabalho na área da sobrevivência em ambiente marinho, o professor Tipton foi congratulado membro honorário vitalicio da associação internacional de Safety & Survival Training. Pertenceu ao comité consultivo do UKSport’s Research e actualmente pertence ao comité técnico consultivo do English Institute of Sports, ao comité técnico do Energy Institute’s Health e administrador da Surf Lifesaving GB. Para além destes cargos, foi editor senior da publicação “Extreme Physiology and Medicine” e é actualmente Editor-in-Chief da publicação da sociedade de fisiologia entitulada “Experimental Physiology”. O Prof Tipton é membro da Royal Society of Medicine, é consultor de diversas universidades e departamentos governamentais, da indústria e investigação médicas e organizações de informação. Nos seus tempos livres, o prof Tipton pratica triatlo, incluindo o Ironman.

Seleção de Publicações:

Tipton, M. J., Reilly, T. J., Rees, A., Spray, G. & Golden, F.St.C. (2008) Swimming performance in the surf: the influence of experience. International Journal of Sports Medicine 29(11): 895-8 

Shattock, M & Tipton, M. J. (2012) “Autonomic conflict”: a different way to die on immersion in cold water? Journal of Physiology 590 (Pt 14): 3219-30.  Tipton, M. J. (2013) Sudden cardiac death during open water swimming. British Journal of Sports Medicine 48(15):1134-5 

Tipton, M. J. & Bradford, C. (2014) Moving in extreme environments: open water swimming in cold and warm water. Extreme Physiology and Medicine 3:12. http://www.extremephysiolmed.com/content/3/1/12

Castellani, J. W. & Tipton, M. J. (2015) Cold stress effects on exercise tolerance and exercise performance. Comprehensive Physiology, American Physiological Society Section 14. Handbook of Physiology, Environmental Physiology

Saysell, J., Massey, H., Lomax, M. & Tipton, M. J. (2015) Investigation into lower water temperatures for open water racing. University of Portsmouth Report to FINA, IOC & ITU
Problemas em Competição – o caso específico de natação de águas abertas, Preparação para o Jogos Olímpicos de Tóquio.
IRONMAN 70.3 Cascais